titulo-portugues-final.png

 
  • Imagem protegida – Proibida a reprodução
  • Imagem protegida – Proibida a reprodução
  • Imagem protegida – Proibida a reprodução
  • Imagem protegida – Proibida a reprodução

Programa de Pós-graduação em Neurologia e Neurociências

Programa de Pós-Graduação em Neurologia e Neurociências

    *    Temos o objetivo de formar profissionais altamente qualificados para a pesquisa, docência e assistência especializada nas áreas da Neurologia e Neurociências, especialmente contribuindo para a melhora na investigação e tratamento de doenças neurológicas. 

    *    Criado em 1978, é pioneiro na pós-graduação com característica multidisciplinar na UNIFESP e no País. 

    *    Recebemos alunos graduados em diferentes áreas e que tenham interesse no desenvolvimento de pesquisas na área de neurologia e neurociência em nível de Mestrado e Doutorado.

    *    Ambiente de pesquisa propício para a  integração entre a pesquisa básica e clínica. Temos grupos de pesquisadores atuando em diferentes tipos de doenças neurológicas como acidente vascular cerebral, doenças neurodegenerativas (Doença de Parkinson, Doença de Alzheimer), epilepsia, esclerose múltipla e tumores, até doenças neurológicas raras como doenças neuromusculares e doenças neuro-genéticas.

    *    A infraestrutura oferecida consta de setores clínicos nas diferentes sub-especialidades da Neurologia, voltados ao atendimento de pacientes, exames subsidiários relacionados à investigação neurológica e laboratórios de pesquisa básica e aplicada.

    *    Os laboratórios de pesquisa oferecem recursos e infraestrutura para estudos translacionais com utilização de técnicas de biologia molecular, cultura de células, histopatologia, eletrofisologia além da utilização de diversos modelos experimentais. 

    *    Financiamentos das nossas pesquisas provenientes da FAPESP, CNPq, Capes e outros. Bolsas de pós-graduação do CNPq e Capes.

 

EXCELÊNCIA NA PÓS-GRADUAÇÃO

Programa com excelência internacional validada pela Capes

Nota 6 na Avaliação da Capes

LINHAS DE PESQUISA

Investigações clínicas em doenças neurológicas

neurologia clinica.png

 

    *    Estudos em pacientes com doenças neurológicas e que envolvem a avaliação dos aspectos clínicos, investigação diagnóstica e tratamento de doenças como epilepsia, distúrbios do movimento, distúrbios do comportamento e cognição, doenças neurovasculares, doenças neuromusculares, tumores do sistema nervoso, cefaléias, doenças desmielinizantes e autoimunes.

    *    O objetivo maior é o entendimento dos diferentes aspectos clínicos e de exames subsidiários para que possamos ter um diagnóstico mais preciso, ter uma melhor avaliação da gravidade, evolução e prognóstico da doença, e por fim, melhorar os tratamentos realizados, inclusive avaliando novos tratamentos.

    *    Os estudos são realizados no Hospital São Paulo, que é o hospital de ensino ligado à Escola Paulista de Medicina (Universidade Federal de São Paulo), utilizando os ambulatórios e unidades hospitalares.

    *    Estes estudos abrangem não só os tratamentos clínicos e cirúrgicos mas também áreas de apoio ao paciente tais como fisioterapia, fonoterapia, apoio psicológico e social, ou seja, qualquer aspecto ligado ao cuidado e manejo do paciente neurológico.

 Conheça os orientadores.

 

Neurociência experimental

microscopio.png

 

    *    O objetivo principal de investigar os processos fisiopatológicos envolvidos nas doenças neurológicas e possíveis estratégias terapêuticas, utilizando modelos experimentais animais, celulares e outros modelos experimentais que possam estar disponíveis, incluindo modelos matemáticos.

    *    Estas investigações são realizadas com diferentes métodos baseados em histologia, biologia molecular, biologia celular, eletrofisiologia e outros.

    *    Os estudos ocorrem em laboratórios de pesquisa localizados nos diferentes edifícios de pesquisa da Escola Paulista de Medicina e conta com amplos recursos de equipamentos para a realização das mais modernas técnicas de investigação.

   Conheça os orientadores.

 

Neurociência translacional

fluxo.png

 

    *    Tem o objetivo de fazer a integração entre a os conhecimentos obtidos na bancada do laboratório, os dados clínicos apresentados pelos pacientes e o tratamento da doença.

    *    Representa a integração da pesquisa básica experimental com a pesquisa clínica.

    *    Contribui para a criação de novas formas de diagnostico e novas formas de abordagens das doenças neurológicas.

    *    Amostras de tecidos e fluidos humanos são estudados em analises laboratoriais na tentativa de se obter novos alvos terapêuticos e novas formas de diagnóstico precoce.

    *    Dados clínicos de pacientes são integrados aos resultados obtidos por estudos que envolvem a experimentação em cultura de células, estudos em genômica, proteômica e lipidômica de tecidos patológicos humanos, na tentativa de interferir e identificar novos biomarcadores e alvos terapêuticos, que possam vir a melhorar a qualidade de vida desses pacientes.

 Conheça os orientadores.

 

Programa de Pós-Graduação em Neurologia/ Neurociências

Rua Pedro de Toledo, 669 - 2º andar

Tel: (11) 5576-4848  Voip: 2838 - E-mail: ppgneurologia@unifesp.br / ppgneuro.unifesp@gmail.com